_______________________________________________________

terça-feira, 27 de junho de 2017

ESPÍRITO EDUCACIONAL











“O princípio da educação é pregar com o exemplo.”      
(Anne Turgot)






“Para desenvolvermos um estudo sobre algum tema específico, o indicado inicialmente é buscarmos algumas informações sobre a etimologia das palavras que sustentam o tema. Podemos, então, ressaltar a etimologia de três palavras que podem nos auxiliar a compreender a natureza das atividades educacionais. A palavra “Educação” (do Latim, ‘Educere’ = conduzir p\ fora), a palavra “Ensino” (do Latim, ‘in+signare’ = pôr sinais) e a palavra “Escola” (do Grego, ‘Scholé’ = tempo livre, lugar p\ ócio) podem nos dar algumas pistas para uma reflexão mais fidedigna sobre qual o verdadeiro propósito do sistema educacional. Será que estamos fazendo jus às verdades destas palavras, ou será que distorcemos os seus propósitos e geramos um sistema corrompido pelas nossas próprias ignorâncias? Sob o ponto de vista específico da consciência espiritual, a educação deveria ser direcionada para um conhecimento sobre as diversas naturezas dos Reinos paralelos ao humano (mineral, vegetal, animal, espiritual, etc.), oferecendo a oportunidade do homem se autorrealizar numa integração harmônica para com o planeta e com o Cosmos. A educação deveria ser uma atividade lúdica, livre e flexível, sem metas totalmente estabelecidas. Esta educação deveria partir do próprio autoconhecimento humano e ter como base de sustentação o respeito e a reverência por todos os seres que compõem a diversidade da vida. Esta educação também deveria oportunizar ao homem uma capacidade reflexiva sobre os propósitos simbólicos das experiências que ele vivencia.”  (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, págs 47 e 48, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2012)







video
O PLANO DIVINO e a NOVA EDUCAÇÃO
(TRIGUEIRINHO)








“Quem não vê bem uma palavra, 
não pode ver bem uma alma.”
   (Fernando Pessoa)









“A educação, hoje, tem uma orientação materialista e egoística. O enfoque recai sobre o sustento econômico, o acúmulo de bens, o alcance do maior sucesso material e do maior conforto possíveis [...] Deus não liga para boas notas e educação superior, se é para fins egoístas que essas coisas são usadas. A pergunta fundamental é sempre: - Qual o propósito da vida? Por que você encarnou nesse corpo físico? E a resposta é: - Para alcançar o conhecimento de Deus [...] A educação no sistema atual é o termo dado à arte de acumular informações do mundo objetivo. A tarefa mais importante da educação é, de longe, transformar a natureza do homem em algo divino. Se isso não acontece, acontece o inverso, e as crianças são inconscientemente ensinadas a viver como animais. Com excessiva freqüência, verifica-se que os professores estão muito mais preocupados em receber o pagamento do que em perceber a divina responsabilidade que foi depositada em suas mãos. A verdadeira educação é ajudar a criança a manifestar a divindade que jaz latente dentro dela.” (Do livro “Psicologia da Alma”, págs 254, 256 e260, Joshua David Stone, Ed. Pensamento-Cultrix, 1994)








“Todo o homem recebe duas espécies de educação: 
a que lhe é dada pelos outros, e muito mais importante, 
a que ele dá a si mesmo.”   (Edward Gibbon)





EDUCAÇÃO INTEGRAL - ESPIRITUALIDADE





"Nos tempos antigos, a voz do professor era suprema. Até mesmo os imperadores não interferiam com a liberdade dos mestres, quando treinavam e puniam seus filhos. O filho era entregue ao mestre e os soberanos o apoiavam em todos os seus esforços por instruí-lo e aperfeiçoá-lo. Jamais ficavam ao lado do filho contra o mestre. Contudo, hoje em dia, as crianças são os mestres, pois ditam as regras; se tiram notas baixas, os pais declaram guerra contra o professor desafortunado, que não pode infligir nem mesmo a mais leve punição ao pupilo. Essa é a razão pela qual o ensino e a aprendizagem convencionais atingiram níveis tão baixos hoje em dia. Hoje, os estudantes são muitos, mas a qualidade da educação está diluída. Os jovens fazem grande esforço para adquirir títulos, de modo a assegurar bons empregos. Mas eles dificilmente se preocupam em desenvolver seu caráter e sua personalidade. Boa conduta e caráter são os requisitos mais essenciais ao homem. Eles são a base para a vida espiritual. São necessárias reformas profundas no sistema educacional de hoje. Mesmo depois de adquirir vários diplomas, se não houver pureza no seu coração, você não pode ser chamado de verdadeiramente educado. A educação deve verter luz e iluminar a escuridão na mente e no intelecto. Ela não representa o mero conhecimento livresco. Ela deve clarificar o parentesco do homem com o homem e sua relação íntima com a natureza. Ela deve harmonizar as experiências anteriores de alguém com suas experiências atuais e guiá-lo a experiências benéficas no futuro. Ela deve validar o conhecimento obtido dos livros através das experiências e, no processo, fazer o homem crescer até que ele se torne divino.”     (Sathya Sai Baba) 










Você vai me dizer: - o índio tá falando, mas é selvagem; selvagem são vocês, milhares de anos estudando e nunca aprenderam a ser civilização. Pra que você está estudando? Pra destruir a natureza e no fim destruir a própria vida?   (José Luiz Xavante)










“Os atuais sistemas e métodos educacionais institucionalizados pelas sociedades contemporâneas sustentam, fortemente, a possibilidade para que almas ignorantes permaneçam desviadas do caminho da autorrealização. Fortalecem as mentes concretas com materiais inadequados. Não instruem apropriadamente um ser humano. Sobrecarregam de informações, sendo algumas inúteis e não demonstram nenhum compromisso prático com as informações mais elevadas. Uma grande energia da vida humana terrena é desviada e desperdiçada. Urge a necessidade de se rever as formas de se instruir um ser humano para que ele se aproxime ao máximo do seu propósito divino [...] Neste atual momento planetário, a consciência coletiva da humanidade terrena está sendo estimulada superiormente a praticar o controle e a economia de energias. Esta prática é inerente de uma consciência elevada. A responsabilidade pessoal e coletiva vai aumentando quando um ser começa a perceber a importância de se manter o equilíbrio com todas as fontes energéticas que a natureza da vida oferece. Aos poucos, esta percepção externa vai se expandindo e se internalizando. Daí, o ser também começa a organizar, equilibrar e economizar as suas próprias energias físicas, emocionais e mentais. Para que um planeta incorpore uma consciência sagrada, como está ocorrendo com a Terra, é de importância primordial o equilíbrio energético nas relações com os combustíveis minerais e vegetais, com o sistema financeiro, com os sistemas de produção e distribuição alimentar, com os sistemas de transportes e habitação, enfim, com toda a rede interdependente ao qual o ser humano está submetido em sua vida individual e coletiva [...] Orientando a humanidade há muitos professores e mestres acadêmicos, mas poucos sábios. Professores se formam em escolas e universidades, com diplomas e certificados da vida mundana. Méritos puramente planetários. Os sábios se formam, por vezes academicamente, mas principalmente através das provações na vida terrena, sob os auspícios das provas divinas, atraindo mais luz do Cosmos para si e para todos [...] A atual cultura alimentar do homem moderno tem favorecido a inserção de inúmeras impurezas em sua consciência física, emocional e mental reverberando negativamente no seu corpo holístico. O excesso de elementos artificiais, gordurosos e de origem animal tem causado bloqueios energéticos nas vias de transferências de consciência entre os diversos níveis dos corpos humanos. Entidades imateriais grosseiras são atraídas pela aura de um ser humano que se alimenta inadequadamente. É preciso rever com urgência a cultura alimentar atual e desenvolver uma educação séria que resgate a saúde geral da humanidade. A alimentação inadequada está gerando desarmonias na vida humana coletiva, prejudicando os reinos do planeta Terra [...] O atual sistema educacional humano está direcionado para o fortalecimento das personalidades. Preenche as mentes humanas com informações excessivas condicionadas buscando prepará-las para conquistas materiais e satisfações emocionais. Fortalece o movimento social excessivamente ruidoso externo. É um sistema falido, direcionado e visivelmente em crise, abastecedor de seres humanos para uma sociedade de consumo inconsequente. As máscaras e os egos humanos sobressaíram-se em suas luxúrias e em suas gulas, saciaram-se em meio a uma coletividade doentia. O atual sistema educacional já demonstra estar em crise, em decadência e entrará em colapso, em breve. A própria natureza se encarregará deste evento. Surgirá, então, uma nova forma de instruir o ser humano, valorizando a sua essência interna e respeitando a vocação de cada alma. Será valorizada também uma nova relação para com a Terra e para com o Cosmos.”    (Do livro “VIA TERRA, caminhos da luz”, Horácio Netho)








“É no problema da educação que assenta o grande segredo do aperfeiçoamento da humanidade.”     (Immanuel Kant)








“Ensinar as pessoas significa lubrificar as rodas para que as mesmas possam girar; ou fazer flutuar um navio para que o mesmo possa ser movimentado facilmente.”  (Nitiren Daishonin












“O saber a gente aprende com os mestres e com os livros. 
A sabedoria se aprende é com a vida e com os humildes.”
(Cora Coralina





“Não se deve ser demasiado severo com os erros do povo, e sim tratar de eliminar esses erros pela educação.”  (Thomas Jefferson










"Espalhar a verdade em cada casa; 
dar-lhe um livro, que é força; educação, que é uma asa.” 
(Cecília Meireles







“Se não fosse imperador, desejaria ser professor. Não conheço missão maior e mais nobre que a de dirigir as inteligências jovens e preparar os homens do futuro.” (Dom Pedro II)




Solidariedade na Educação
Voluntariado na Educação
(http://www.irdin.org.br/acervo/detalhes/5952)


Nenhum comentário:

Postar um comentário