_______________________________________________________

sexta-feira, 26 de maio de 2017

SIDERURGIA CÓSMICA: "OS RAIOS"




















(Extraído do livro “Glossário Esotérico”, Trigueirinho, Ed. Pensamento,1994
                                                   



“Nas últimas décadas, a revelação externa da existência dos Raios Planetários e Cósmicos através de alguns caminhos transcendentais tem oferecido novos elementos para o autoconhecimento humano. Atualmente, há um bom acervo de instruções compiladas que relatam sobre a natureza da manifestação dos Raios. Hoje já se sabe, por exemplo, que assim como a numerologia e astrologia possuem energias sutis que realmente incidem nos comportamentos dos seres humanos, segundo a ciência espiritual, a natureza dos raios também contribuem para a psicologia de um ser humano. Cada vez mais estudado por adeptos da vida transcendental espiritual, os Raios têm oferecido um sentido mais amplo para determinadas conjunturas sensíveis nas esferas mais sutis da natureza humana. Por exemplo, atualmente sabe-se que a mente humana, a alma humana e o espírito humano, cada um em separado possui a sua regência específica de Raio, e que a combinação e harmonização entre estes Raios sintetizam padrões energéticos vibratórios que incidem na expressão holística deste ser humano. Acima das experiências que os Raios Planetários nos oportunizam, há as experiências dos Raios Cósmicos que começam a ser revelados em vanguarda para a humanidade. Parte da atual revelação da natureza destes Raios Cósmicos se dá em decorrência da atualização pela qual o Reino Humano da Terra está passando. O novo código genético GNA está associado às experiências que estes Raios Cósmicos oportunizam com uma vida imaterial mais consciente. Vários mistérios estão por trás das nossas experiências com os Raios. Desde a empatia harmônica entre Raios pares ou ímpares em separado, por exemplo, até a possibilidade de que possamos alterar as regências destes Raios em nossas consciências com o auxílio das Hierarquias da Fraternidade Branca ou da Confederação Intergaláctica. Aos poucos, novas instruções estão surgindo pelo planeta e aprofundando as verdades sobre estas realidades que podem nos aproximar mais de nossas reais naturezas [...] Com as recentes imagens captadas e transmitidas pelos nossos modernos telescópios no espaço sideral, as galáxias lá em cima estão nos revelando as suas novas cores mágicas. Em paralelo, alguns homens contemplativos da vida aqui em baixo, no nosso cada vez mais pequeno planeta Terra, também estão encontrando novas cores em suas vidas e recolorindo os seus ‘arco-íris’. Os encantos misteriosos dos Raios da Fonte se fortalecem para a Terra.” (Do livro “COMANDO ESTRELINHA,Temas Transcendentais”, págs 142 a 144, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2012)







MESTRES ASCENSIONADOS, 
RAIOS e HELENA BLAVATSKY
(PATRÍCIA CÂNDIDO)





RAIO
ENERGIA
PLANO de REALIDADE
PRIMEIRO

VONTADE
PODER
DIVINO
SEGUNDO

AMOR
SABEDORIA
MÔNADA
TERCEIRO

ATIVIDADE
INTELIGENTE
CORPO de LUZ
QUARTO
HARMONIA
INTUITIVO
QUINTO

CONHECIMENTO
E   CIÊNCIA
MENTAL
SEXTO

DEVOÇÃO
E  ENTREGA
EMOCIONAL
SÉTIMO

ORDEM  E
CERIMONIAL
FÍSICO
(Extraído do Livro “Psicologia Esotérica”, Autora: Alice Bailey)





“O planeta vai recebendo os Raios Cósmicos à medida que vai evoluindo. Neste momento, os Raios Imateriais do Cosmos, porque os sete Raios que são materiais incidem aqui desde o princípio, mas agora começam a incidir os Raios Imateriais que são outros, é outra força. Isto vai sutilizando tudo o que existe aqui no planeta. Esses Raios Imateriais passam, primeiro, a influir nas camadas mais elevadas da consciência. Vão penetrando a partir das camadas mais elevadas e podem encontrar algum ser humano que esteja com a consciência lá. Eles estão disponíveis, estão descendo e nós teríamos que nos abrir, teríamos que estar preparados, porque é um tipo de influência com a qual nós não estamos habituados. É uma influência muito sutil que age profundamente.”   (Trigueirinho)






TORNANDO-SE VEGETARIANO: RAIOS e ENERGIAS  
(TRIGUEIRINHO)















“Na pessoa não evoluída, os raios dos corpos físico, emocional e mental dominam. À medida que ela desenvolve uma personalidade mais realizada, o raio da personalidade passa a dominar e os raios dos três corpos se subordinam a ele. À medida que a pessoa continua a evoluir, ela passa a se polarizar na alma. Uma batalha é travada entre o ‘eu inferior’ e o ‘eu superior’, ou entre o raio da personalidade e o raio da alma. Quando o raio da alma começa a dominar e vence essa batalha, e o discípulo começa a exercer o controle sobre a personalidade, o raio da personalidade se subordina ao raio da alma. O processo continua até que o raio monádico começa a transbordar, o que acontece depois da terceira iniciação. À medida que o discípulo aprende a se polarizar na mônada, o raio da alma vai se subordinando ao raio monádico. Esses raios exercem uma influência incrivelmente forte sobre a vida de cada ser humano. O raio do corpo físico define substancialmente as características do corpo físico. Os raios determinam a qualidade do corpo emocional e afetam sobremaneira a natureza da mente. Os raios predispõem cada pessoa a certas forças e fraquezas. Determinadas atitudes mentais são fáceis para um tipo de raio e extremamente difíceis para outro. Essa é a razão porque a personalidade que está na ‘Roda das Encarnações’ muda a estrutura do raio de uma vida para outra, até que todas as qualidades sejam desenvolvidas e manifestadas. Dados esses fatos, o conhecimento dos raios é absolutamente essencial para o conhecimento de si mesmo e também para toda a ciência da psicologia. É extremamente espantoso constatar que a psicologia, atualmente, não tem nenhuma compreensão dos raios. Esse é um dos muitos motivos pelos quais essa ciência é pouco eficaz nestes tempos. O pouco entendimento dos raios se deve ao fato de que não temos praticamente nenhuma compreensão da alma. De todos os ramos da psicologia ensinados nas escolas e praticados por profissionais licenciados, 98% não têm nenhuma ligação com a alma e com os níveis monádicos de consciência. A nova onda do futuro será o estudo da psicologia transpessoal ou espiritual. Não são apenas as pessoas que possuem raios. Países, cidades, grupos e organizações também os têm. Em geral, porém, eles estão limitados ao raios da alma e da personalidade. A maioria dos países da Terra, por exemplo, ainda está atuando através de seus raios da personalidade. O conhecimento das estruturas dos raios oferece uma ótima percepção do caráter, das forças e fraquezas da pessoa, do mesmo modo que um horóscopo astrológico meticuloso. O estudo da psicologia esotérica e da ciência dos doze raios é tão importante quanto o estudo da astrologia. Na verdade, esse estudo ainda pode ser mais importante, uma vez que os raios, num nível cósmico, chegam a afetar, influenciar e anteceder a criação das estrelas e constelações em todo o infinito universo de Deus [...] A pessoa pode invocar os raios não apenas para si mesma, mas também para o serviço no mundo. Espiritualmente, não é permitido enviar um raio para outra pessoa, a menos que ela tenha dado sua permissão ou tenha solicitado. Todavia, pode-se enviar raios a determinadas partes do mundo para cura planetária. Por exemplo, talvez se queira enviar o segundo raio do amor-sabedoria para a Bósnia ou para o Oriente Médio. Uma região do mundo poderia precisar da chama violeta da transmutação ou algum dos raios superiores. Os dois únicos raios que não são apropriados enviar para cura planetária são o primeiro e o quarto. Eles só devem ser usados sob a direção de um Mestre Ascensionado. O primeiro raio é muito explosivo e tem uma qualidade destrutiva que pode ser mal usada. O quarto raio de harmonia através do conflito é um raio que a maioria das pessoas não está usando com eficiência. Ele é um raio de base emocional que, ao ser conduzido pela personalidade ou pelo ego negativo, só cria mais conflito e ruína. Exceção feita a essas restrições, a pessoa tem toda a liberdade para usar sua intuição e imaginação nesse sentido. Os raios superiores (do oitavo ao décimo segundo) são excelentes para o serviço pessoal e planetário.  (Do livro “Manual Completo de Ascensão”, págs 113 a 115 e 125, Autor: Joshua D. Stone, Ed. Conhecimento, 1994.)



















“Dentro deste período de transição planetária que ora acontece, no­vas expressões de Raios, além dos sete básicos, estão se tornando disponí­veis para que alguns seletos seres humanos evoluídos possam manifestá-los. Para suas expressões através dos seres humanos, tais seres necessitam portar veículos corporais de consciências alinhadas com leis superiores do Cosmos. Para tanto, já devem possuir altas vibrações em suas auras cós­micas, potencial que os credenciam aos contatos com as leis supranaturais evocada por estes Raios. Os cinco raios superiores são: relação interuniver­sal, onipresença, transfiguração, onisciência e liberdade.”(Dolivro “VIA CORAÇÃO, caminhos datransformação”, pág 155, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2011)
















 RAIO
ENERGIA
CARACTERÍSTICA NO INDIVÍDUO EVOLUÍDO
CARACTERÍSTICA NO INDIVÍDUO POUCO EVOLUÍDO


PRIMEIRO 


VONTADE PODER
amor pela concentração, impassibilidade, paciência, capacidade de coordenar grupos e empreendimentos, persistência, determinação
orgulho, ambição, arrogância,

imposição da própria vontade

sobre os demais, autoritarismo,
crueldade, unilateralidade


SEGUNDO

AMOR
SABEDORIA
compreensão intuitiva dos outros e da vida, entrega espontânea à Fonte da Vida, desapego, compaixão, impessoalidade
inclusividade não seletiva, apego, envolvimento passional com
 pessoas e situações, curiosidade,
                 loquacidade, temor



TERCEIRO


ATIVIDADE
INTELIGENTE
 discriminação,
 adaptabilidade, telepatia superior,
 capacidade de abstração filosófica,
lógica, uso correto do tempo,
criatividade superior, inteligência,
capacidade de estabelecer prioridades
impulso à atividade indiscriminada, dispersão, rigidez, predominância de aspectos instintivos, separatividade, cristalização em conceitos, ilusão de estar sempre ocupado, criatividade mental, controle dos demais em benefício próprio

QUARTO

HARMONIA
intuição, síntese, capacidade de reconhecer necessidades amplas
e de harmonizar opostos
conflito, dualidade, sensualidade
ilusão de ser criativo



QUINTO 


CONHECIMENTO
E   CIÊNCIA

relacionamento com realidades internas, conhecimento da alma,
 amor à Verdade
ilusão com dados observáveis, desprezo pelo intangível, intransigência, apego a idéias, julgamento preconceituoso,
crença de ser dono da verdade

SEXTO
 DEVOÇÃO
E  ENTREGA
vontade persistente, união com a Verdade, devoção pela Vida Única
 e entrega incondicional a ela
fanatismo, emotividade exacerbadaidolatria, apego ao objeto de devoção 

SÉTIMO

 ORDEM  E
CERIMONIAL
conhecimento oculto da vida, flexibilidade e rigor,
 expressão de ordem interna,
atividade grupal ordenada
superstição, rigidez, 
cristalização em aspectos formais,
minúcia exagerada e separatismo

(Tabela  do livro  “Glossário Esotérico”,  pág. 389, Trigueirinho,  Ed. Pensamento, 1994)


















Sermos os Raios
Como Trabalhar com os Raios
A Energia dos Raios em Nossa Vida
(http://www.irdin.org.br/acervo/detalhes/3653)


Nenhum comentário:

Postar um comentário