_______________________________________________________

quinta-feira, 18 de maio de 2017

"CROP CIRCLES"






CROP CIRCLES - SIGNS a WARNING
(DADOS CIENTÍFICOS)







“Podemos afirmar que parte desta atualização que a Confederação Intergaláctica está nos propondo pode ser observada através dos estímulos das linguagens simbólicas cósmicas que estão se manifestando através do que estamos denominando de ‘CROP CIRCLES’. Aos poucos, estas manifestações estão ganhando força e espaço dentro do mundo científico, por alguns pesquisadores sérios e de vanguarda que estão se dispondo a investigar estas realidades. O nosso acervo ancestral de símbolos cósmicos acrescido aos novos símbolos que estão surgindo e sendo ativados estão expandindo a consciência da Terra e de todos os seus Reinos, inclusive o Reino Humano [...] a contemplação dos ‘CROP CIRCLES’ faz parte da agenda sugerida para aqueles que já se sentem atraídos por estes mistérios que nos aproximam das verdades dos céus. E neste ínterim, vemos de uma forma crescente o interesse de Iniciados Espirituais sobre as manifestações dos CROP CIRCLES.”  (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, págs 139 e 140, Horácio Netho, 2012)








COMO SURGEM OS CROP CIRCLES
(FRANCINE BLAKE)











“Os Círculos nas Plantações (Crop Circles) são padrões geométricos que vêm surgindo em plantações de cereais em todo o mundo desde o fim da década de 70. Embora o fenômeno se concentre na Inglaterra - dois terços dos círculos foram descobertos em campos ingleses - estas formações já foram observadas em vários outros países como EUA, França, Japão, Canadá, Holanda, Hungria e Rússia. Dos círculos ingleses, 80% (esta estatística varia de acordo com a fonte e o critério de contagem) foram produzidos no Sul da Inglaterra em uma área denominada ‘Triângulo Místico’, cujos vértices seriam os sítios de Stonehenge, Avebury e Glastonsbury. Atualmente os pesquisadores já contam mais de 10.000 círculos observados desde meados dos anos 70 (outra estatística que varia bastante de acordo com o critério de contagem). De lá para cá, os círculos se tornaram maiores, mais complexos e se espalharam pelo mundo.”  (Em: http://www.projetoockham.org/misterios_circulos_1.html)









ASPECTOS METAFÍSICOS dos CROP CIRCLES
(FRANCINE BLAKE)













"Os célebres crop circles, ou “círculos de colheita”, continuam aparecendo aos montes pelos campos do mundo afora, sem que alguém explique de uma vez por todas como são produzidos. Em busca de respostas para este incrível mistério, pesquisadores do fenômeno baseados em Wiltshire, condado no sudoeste da Inglaterra mundialmente conhecido como o epicentro global dessas enigmáticas manifestações, além de território do mítico monumento pré-histórico Stonehenge, criaram em 1995 o Wiltshire Crop Circle Study Group (WCCSG). Como o próprio nome indica, trata-se de um grupo de estudos, que se apoia em três pontos de vista sobre o assunto – “físico, metafísico e espiritual” -  para tentar entendê-lo melhor. O WCCSG, que organiza eventos e edita o jornal bimensal The Spiral (“A Espiral”) dá como certo que os crop circles existem, estão distribuídos por todo o planeta (mais de 6 mil desde a década de 1980), são inspirados em geometria complexa, simbologia antiga e matemática avançada e podem ser codificados, entre outros preceitos."  (Em: http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/tag/crop-circle/)










"Os cientistas já comprovaram a eficácia das linguagens que utilizam desenhos (pictográficos) que aumentam a capacidade do cérebro, desenvolvendo o cérebro como um todo. Além disso, os desenhos geométricos podem ser compreendidos em várias línguas, não existe necessidade de tradução, assim sendo é mais fácil de ser difundida. A verdadeira intenção das imagens dos 'Crop Circles' é ativar o nosso cérebro e fomentar a inteligência para a busca de informações e conhecimento. Perceba que as pessoas tentam decodificá-los em vez só de ver ou observar. Se fosse uma escrita simples não haveria necessidade de um desenvolvimento cerebral. Um texto não pode trazer tantas informações do que uma interpretação, o desenho desencadeia informações dentro do cérebro, fazendo com que ele reaja pensando e assim buscando novos conhecimentos." (Em: http://contatoalienigena.blogspot.com/2011/05/o-segredo-da-geometria-sagrada-crop.html)










MENSAGEM da NASA
RESPONDIDA em CROP CIRCLE 
(TV ALVORADA)









"Em alguns textos antigos foi mencionado, por exemplo nos Vedas, que haviam símbolos que ficavam no planeta. Algumas tribos, como os Hopis na América, também nos disseram que no final de cada ciclo, esses sinais aparecem na Terra para nos dar conhecimentos sobre a Nova Era."   Francine Blake  (Wiltshire Crop Circle Study Group)







         CROP CIRCLES no BRASIL e no MUNDO
               (CAMPUS PARTY)











“Profundas comunicações estão sendo feitas para os povos da Terra a partir de fontes no universo que buscam despertar a consciência humana para o perigo de destruição da Terra e os prejuízos dos ecossistemas. Muitas pessoas agora estão chegando à conclusão de que os belos desenhos em campos de cereais e em outros lugares, estão aqui para nos lembrar de nossa natureza superior e nos trazer para a harmonia da nossa casa na natureza. Muitos acreditam que estes símbolos misteriosos, aparecendo em todo o planeta (mais de 11.000 desde 1980), são um comunicado para a humanidade oferecendo uma oportunidade para a expansão da consciência e uma compreensão de como funciona o mundo no contexto mais amplo da comunidade intergaláctica.”  (Em: http://aflam-muusiiiiiiiiiiiiiic.blogspot.com.br/2009/11/star-dreams-crop-circle-documentary_2.html)












GEOGLIFOS na AMAZÔNIA






"O avanço nas pesquisas arqueológicas revelou a existência de cerca de 400 desenhos gigantes espalhados pela Amazônia, os geoglifos -- valetas de cerca de dez metros de largura e entre dois e três metros de profundidade feitas em formato geométrico preciso, normalmente círculos ou quadrados. A descoberta ensina mais sobre a forma como foram feitos e os hábitos dos povos que os construíram há mais de 1.000 anos. Pelo que se sabe, os geoglifos foram feitos por índios Aruaques que moraram na Amazônia séculos atrás para servirem de campo para rituais religiosos. Os primeiros desenhos datariam da era Antes de Cristo. A maioria, porém, foram feitos entre os séculos 1 e 10. "Quando a gente faz as medidas percebe que eles são muitos constantes. Eles não tinha instrumentos de metal, faziam provavelmente com pás de madeira, mas tinham precisão matemática", afirma Denise Schaan, da UFPA (Universidade Federal do Pará) e coordenadora das pesquisas dos geoglifos. Com tamanhos entre 100 a 300 metros de largura, os desenhos foram descobertos em 1977 pelo pesquisador Ondemar Dias, do Instituto de Arqueologia Brasileira do Rio de Janeiro. Hoje sabe-se que eles se estendem por uma área 200 km entre sul do Amazonas, leste do Acre, oeste de Rondônia e parte da Bolívia. [...] Quando Denise Schaan iniciou a pesquisa dos geoglifos, há dez anos, eram apenas 24 desenhos conhecidos. "Aquele ano marcou uma mudança importante, que foi o uso de imagens [por satélite] do Google Earth. Tanto que, com esse método, em poucas semanas o número subiu para 150. Hoje já temos 400", conta. As descobertas foram ocorrendo e sobrevoos e visitas às áreas onde estão os geoglifos foram realizados, aumentando o conhecimento sobre os desenhos gigantes. Dos 400 já encontrados, pelo menos 70% estão bem conservados." (Em: http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/redacao/2015/04/20/descoberta-de-400-geoglifos-na-amazonia-ajudar-a-desvendar-misterio.htm)











Crop Circles em 2015





100 Crop Circles
Na Época dos Crop Circles
Alguns Dados Científicos s\ Crop Circles


Nenhum comentário:

Postar um comentário