_______________________________________________________

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

LINGUAGENS ARTÍSTICAS



















“As diversas linguagens artísticas (música, teatro, dança, pintura, escultura, poesia, etc.) compõem o caminho ao qual uma alma madura se sente atraída. A aspiração pela beleza e harmonia em elevação à vida como um todo, encontram nas linguagens artísticas o campo de manifestação para a sua realização. Há uma matemática precisa, uma geometria precisa, um encanto misterioso específico por trás das artes que realmente elevam a vida. É necessário estudo, conhecimento e prática para reconhecermos o real valor de uma manifestação artística, principalmente nestes atuais tempos, quando uma contaminação sensível está distorcendo a natureza do que deveria ser considerado como arte. Hoje, vemos manifestações poéticas, teatrais, musicais, etc... que muito mais disseminam o que já não tem mais valia evolutiva para a Terra, enquanto as manifestações mais nobres das artes são pouco reconhecidas e valorizadas. É tempo de rever valores e selecionar o que verdadeiramente nos eleva, inclusive dentro das linguagens artísticas.”  (Horácio Netho












“A ciência descreve as coisas como são; a arte, como são sentidas, como se sente que são. O fim da arte inferior é agradar, o fim da arte média é elevar, o fim da arte superior é libertar.”  (Fernando Pessoa










“Arte (do latim ars, significando técnica e/ou habilidade) geralmente é entendida como a atividade humana ligada a manifestações de ordem estética ou comunicativa, realizada a partir da percepção, das emoções e das ideias, com o objetivo de estimular essas instâncias da consciência e dando um significado único e diferente para cada obra. A arte se vale para isso de uma grande variedade de meios e materiais, como a pintura, a escrita, a música, a dança, a fotografia, a escultura e assim por diante. Considera-se que no início da civilização a arte teria principalmente funções mágicas e rituais, mas ao longo dos séculos e das diferentes culturas tanto conceito como função mudaram de maneira importante, adquirindo componentes estéticos, sociológicos, lúdicos, religiosos, morais, experimentais, pedagógicos, mercantis, psicológicos, políticos e ornamentais, entre outros.”  (Em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Arte














“ARTE – Na sua acepção espiritual e evolutiva, esse termo significa a expressão da essência da beleza, da harmonia e do equilíbrio. Todavia, o homem distanciou-se dessa essência e suas criações deixaram de ser instrumento de elevação da vida. Desconectado dos níveis internos da consciência, apenas remaneja técnicas, forças e energias, e erroneamente dá ao resultado da sua experiência o nome de arte. A arte genuína, todavia, só é expressa por ele após o ingresso em uma etapa de consciência mais sutil. O reaparecimento da arte na civilização será de grande importância para a consolidação de vínculos de serviço do reino humano com entidades dévicas e com seres elementais, e aproximará o homem ao reino espiritual. Sem a consciência interna estar despertada, possibilitando ao ser captar de níveis profundos a energia da harmonia e da beleza, a verdadeira arte permanece ocultada e prevalecem os vícios e hábitos da mente e dos sentidos. A essência da arte exerce influência nos diversos níveis de consciência do planeta, não só nos externos, onde pode manifestar-se como obras inspiradas, erigidas por intermédio do ser humano.” (Verbete extraído do livro “Glossário Esotérico”, autor: Trigueirinho, Ed. Pensamento, 1994, págs 26 e 27














ARTE de VER a VIDA
(ARAQUÉM ALCÂNTARA)







“A massificação procura baixar a qualidade artística para a altura do gosto médio. Em arte, o gosto médio é mais prejudicial do que o mau gosto... Nunca vi um gênio com gosto médio.”  (Ariano Suassuna












“Milhares de pessoas cultivam a música, poucas porém, têm a revelação dessa grande arte.”  (Ludwig Beethoven












SONS das ESTRELAS e BALEIAS
(ARTE e ADORAÇÃO - Louie Giglio)






“Nestes atuais tempos de revelação aberta e extensiva das atividades da Confederação Intergaláctica sobre o planeta Terra, estamos sendo agraciados de uma forma instigante e profundamente inquisidora com um mostruário claro da arte celestial. Os Crop Circles que estão sendo projetados cosmicamente, nos últimos anos, sobre a face externa da Terra, em vários países, demonstram a perfeição harmônica e bela em suas diferentes formas geométricas e simbólicas em que vêm se apresentando. A humanidade deste nosso pequeno planeta está podendo comungar de uma arte imponderável, cósmica e de repercussão transcendental para toda a vida interdependente. Estamos em um momento Histórico de rara beleza, onde a arte celestial vem anunciando a nossa expansão de uma humanidade consciente planetariamente para uma humanidade com consciência cósmica. Muitos seres humanos terrestres se prepararam por muito tempo para este momento e, agora, as almas mais nobres da Terra estão reconhecendo a sabedoria celeste e se encantando com as novas experiências artísticas que nos fortalecem em Amor.” (Horácio Netho
















“A música é o tipo de arte mais perfeita: nunca revela o seu último segredo. A finalidade da arte é, simplesmente, criar um estudo da alma.”  (Oscar Wilde













A Música e o Som Interno
Cores, Arte, Interiorização e Ordem
Sons p\ Gerar Harmonia e Unir Dimensões
(http://www.irdin.org.br/acervo/detalhes/11946)


Nenhum comentário:

Postar um comentário