_______________________________________________________

quinta-feira, 3 de março de 2016

O Número "33"





“A Evolução é a Lei da Vida, o Número é 
a Lei do Universo, a Unidade é a Lei de Deus. A matemática 
é o alfabeto  com o qual Deus escreveu o universo.”  
(Pitágoras)












"Os estudantes de numerologia sabem bem que os números afetam a vida de uma pessoa. O nome, o local, o dia e a hora do nascimento têm todos influência no ser físico, mental e espiritual de uma pessoa. Cada letra como um número tem certo efeito vibratório. O quadro produzido pelas várias combinações dá uma compreensão do caráter, carma, e potencialidades de uma pessoa. Na numerologia espiritual, os números 11, 22 e 33 são os três ‘números-mestres’, sendo o mais alto o 33. Esse mais elevado dos números-mestres foi a idade do Mestre Iniciado (Jesus) em sua morte, ressurreição e ascensão, dando mais entonações esotéricas. O 33 simboliza a mais alta consciência espiritual atingível pelo ser humano."  (Do Livro “Secret of the Illuminati”, págs 161 e 162, Elizabeth van Buren)








“Quando chega alguma orientação da Hierarquia Planetária, esse número 33 está sempre presente porque isto define se estamos lidando com a Fraternidade Branca. O 33 que foram também os anos que Jesus viveu encarnado, diz respeito a uma próxima civilização para qual a Hierarquia está trabalhando implantar aqui, na Terra [...] Esse número 33 que é um número específico de uma próxima civilização, segundo Thaykhuma, está com muitas chaves que dizem respeito à sagrada energia feminina que o planeta Terra está, neste momento, começando a representar.”  (Trigueirinho)











“...todas as civilizações que fazem parte da Confederação, que são as 32 (trinta e duas) civilizações confederadas. E a nossa civilização que deve ter em si esse código crístico que foi gerado nessa experiên­cia Universal é uma raça de seres crísticos. É a raça de número 33 (trinta e três), por isso o 33 é tão importante na nossa evolução aqui sobre a Terra nestes tempos. Porque o 33 é a nossa posição na Confederação de Mundos Evoluídos...” (Frei Artur – Centro Intraterreno de Mirna Jad)
                     
                                                                                                          

        
                                               
“O número 33 simboliza a energia do coração, quando aos 33 anos de idade o ser humano adentra as experiências que necessitam ser experimentadas através do centro cardíaco, que perdura até os 44 anos dentro do tempo linear da Terra. Na ascensão da consciência humana redimensionada para o corpo físico, 33 também são os degraus que devem ser galgados energeticamente, passo a passo, estando manifestados simbolicamente na estrutura da coluna vertebral central do sistema esquelético humano. Reconhecido como símbolo do número ‘Mestre Maior’, o 33 é a representação da união da vida terrena com a cósmica, através da integração da energia corrente livre na medula nervosa de um ser humano por dentro da sua coluna vertebral, interligando o sistema nervoso sutil entre as energias elevadas que descem pelo topo de sua cabeça com as mais densas que se integram na matriz do planeta, unindo-as numa só corrente de consciência.”  (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, pág 279, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2011)












“Os Ativadores de Consciência são chaves vibratórias que ativam a consciência, pois a chave do novo tempo vem marcada pelo número 3333, o qual é um código matemático, símbolo de que tudo no plano cósmico está planificado. E deste mesmo código se desprende o significado da chave 33, que significa que se estabeleceu uma aliança universal galáctica que mantém a ‘Confederação de Mundos’ com todas as galáxias deste grupo local e com Merla (planeta de categoria UR chamado Terra) para ajudá-la no seu trânsito dimensional evolutivo. O número 33 representa a ma­turidade do homem espiritual em um compromisso responsável e voluntário pela salvação da humanidade, através da entrega total no serviço desinteressado e consciente. O número 33 é a chave numérica do selo da Estrela de seis pontas, dos triângulos que se cruzam e que simboliza a busca por conseguir o equilíbrio entre o espiritual e o material, mediante uma atitude mental positiva e construtiva; é o intentar sintetizar o espiritual no material harmonizando. Simboliza, também, a ascensão mediante o despertar.” (Em: http://deusasolar.blogspot.com/2010/08/os-ativadores-de-consciencia-chaves.html






“Lembremos que grandes iniciados como Pitágoras e Platão valo­rizavam por demais o estudo dos números, pois sabiam que ‘Deus’ os utilizava, dentro da sua linguagem simbólica mais elevada, interligan­do os propósitos de realidades afins. Da mesma forma, Isaac Newton, Leonardo da Vinci e Einstein, considerados grandes gênios da atual humanidade vivenciaram as suas vidas, diariamente, ao lado dos nú­meros. Isaac Newton chegou a fazer uma longa investigação pessoal sobre um possível código numérico existente na Bíblia Sagrada original. Renomadas Universidades da Terra testaram e aprovaram este código matemático descoberto, através do advento recente dos programas de computação.”(Do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, p. 114, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2011)








“Sem os recursos da Matemática não nos seria possível compreender muitas passagens da Santa Escritura.”  (Santo Agostinho












“A Matemática possui uma força maravilhosa capaz de nos fazer compreender muitos mistérios de nossa fé.” (São Jerônimo





“O livro da natureza foi escrito com figuras e símbolos matemáticos.” (Galileu Galilei






NÚMEROS – Os números são símbolos; velam diferentes níveis de realidade e por isso têm significados distintos, dependendo da conjuntura em que estão inseridos. Representam energias; suas combinações desvelam a maneira como essas energias se inter-relacionam e manifestam. A ciência dos números, como as demais ciências ocultas, expressa-se conforme o nível em que se polariza. Na fase que ora principia para a humanidade, estará diretamente relacionada às leis criadoras atuantes nos éteres, à ação do Verbo, ao som a às cores. O estudo dos números deve ser ferramenta de serviço abnegado e altruísta, e não forma de acrescentar informações à bagagem intelectual do homem. O sentido oculto dos números tem valor profundo para um Iniciado: reconhece neles interrelações que lhe possibilitarão cumprir mais eficientemente sua tarefa evolutiva. Os números expressam leis do universo. Conduzido pela intuição, torna-se poderoso instrumento de serviço e não mero instrumento para perscrutar o futuro. A ciência dos números renascerá na Terra vindoura, em cujos símbolos o homem desvelará o Pensamento do Cosmos.”  (Do livro “Glossário Esotérico”, págs 319 e 320, Trigueirinho, Ed. Pensamento, 1994)







“Na ordem cósmica todos nós temos um número.” 
(Amyr Amiden)









Nenhum comentário:

Postar um comentário