_______________________________________________________

sexta-feira, 4 de março de 2016

AS VIRTUDES









“Assim como o amor de Deus é raiz de todas as virtudes, assim o amor-próprio é a de todos os vícios.”   











“Quando fazemos uma rápida pesquisa sobre qual a palavra mais importante para as nossas vidas, em geral, o ‘Amor’ desponta como a preferida entre muitos de nós. Por que esta palavra tem tanto destaque em nossas experiências de vida? Como acolhemos esta palavra e a reconhecemos abstratamente na dinâmica do nosso cotidiano? Mas o que seria o ‘Amor’? Em essência, poderíamos dizer que o ‘Amor’ é a energia seletiva que nos rege e impulsiona todas as nossas atividades sobre este planeta. De forma misteriosa, as diversas virtudes reconhecidas pela humanidade são como que pequenas pétalas de uma flor maior chamada Amor.”  (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, pág 255, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2012)












“No plano das abstrações, não há limites inteiramente definíveis para as virtudes. Não há tolerância sem compreensão e compreensão sem tolerância, assim como não há desapego sem humildade e humildade sem desapego, por exemplo. Da mesma forma, todas as outras virtudes estão intimamente interrelacionadas e se interpenetram em suas composições sutis [...] Poucos conseguem tocar profundamente os corações de outros. Para isto é preciso tato, sensibilidade, postura, simplicidade, firmeza, sabedoria e luz interna [...] Aquele que intenciona evoluir e servir a vida deve manter a sua mente alerta à proliferação dos valores inversos às virtudes. É comum estar ludibriado com os valores do atraso sem se perceber. A atenção deve ser redobrada nestes tempos tão enganosos e cheios de armadilhas cultuadas no seio da vida humana comum da Terra [...] A simpatia e o bom humor são qualidades presentes nos seres elevados. Abrem portas para o encontro e o fortalecimento com a unidade [...] Compreensão, honestidade, simplicidade, tolerância, paciência, desapego, etc. Para cada uma das virtudes há uma freqüência vibratória e um padrão energético correspondente. A prática destas abstrações induz a aura humana a vibrar em suas freqüências. De acordo com a intensidade e o volume de práticas virtuosas, as virtudes vão se estabelecendo e se integrando na aura energética humana, elevando o poder eletromagnético e atrativo das consciências superiores [...] A verdadeira sabedoria é simples e espontânea. Não é teatral, espalhafatosa, sensacionalista, tendenciosa ou extremista. Não é convencedora, é convincente. É livre, natural, pura, fluente, oferece apoio e toca ao coração [...] Com a verdadeira compaixão todos se tornam compreensíveis [...] A espera, a paciência e a fé no que virá são ingredientes necessários para a colheita ideal. São virtudes inerentes do bom semeador [...] Os atuais sistemas relacionais de convivência social das grandes cidades encontram-se altamente contaminados. Minam a pureza e a simplicidade inata do coração humano [...] Somente em um coração que conheceu a quietude e a serenidade, as dimensões mais altas podem se ancorar. É que há a necessidade de uma estabilidade atômica que possa suportar as freqüências vibracionais superiores. As virtudes aprontam a aura [...] Poucos trilham o caminho da luz, a senda do discipulado, neste momento planetário. Poucos ainda aceitam as provações, o autoaperfeiçoamento em torno das virtudes. Porém, o chamado ecoa aos quatro cantos. Não há mais tempo a perder [...] Queres contatar a luz? Eis o caminho: simplicidade, desapego, tolerância, fé, entrega, investigação, fraternidade, respeito, humildade, discernimento, sinceridade, equilíbrio, justiça, compaixão, pureza, compreensão, compromisso, inteligência, conhecimento, devoção e sabedoria. Consideras muito? Então, resumas em amor e autoconhecimento [...] A iluminação é um processo meritório, é colheita para quem semeou as virtudes. Não há iluminação para aquele que somente medita, mas não manifesta as virtudes em sua existência. A vida requer coerência entre a sutilização da consciência e a elevação da qualidade das suas relações holísticas [...] Certas instruções e realidades espirituais não requerem explicações. Estão aí para desenvolver a fé no buscador, virtude essencial para um ser elevado.” (Do livro “VIA TERRA, caminhos da luz”, Horácio Netho)











“As virtudes são mais importantes que a beleza física. Observando o bom e o mau no mundo, deve-se desenvolver o discernimento para escolher o primeiro. Deve-se esforçar muito para cultivar as virtudes. Desde os primeiros anos de vida, se deveria inculcar boas qualidades e desenvolver bom caráter. Bondade, compaixão, tolerância: através dessas virtudes, a pessoa pode perceber a Divindade nela e nos outros. São as virtudes que conferem grandeza a qualquer pessoa. As virtudes são o meio mais eficaz para a purificação interior da consciência em todos os níveis, pois levam a pessoa a descobrir o que fazer e como fazê-lo. Somente aqueles que conquistaram a boa sorte podem comprovar excelência no discernimento. A observância a essa determinação é a balsa com a qual a pessoa pode cruzar o oceano de vicissitude e medo (Bhava Sagara)Uma pessoa de virtudes tem um lugar na região dos iluminados.”  (Sathya Sai Baba)









"A virtude é a manifestação do espírito de cooperação com outros, implicando altruísmo, compreensão e esquecimento de si próprio; o vício, por sua vez, é o oposto dessa atitude. A virtude é chamar a si o ritmo vibratório da consciência de grupo de modo que a alma se torne o elemento de controle. O vício é a expressão de um impulso de separação que subordina a alma aos objetivos do eu inferior. A virtude é expressa através do chakra do coração, enquanto o vício é expresso através do chakra do plexo solar.” (Do livro “OS RAIOS E A PSICOLOGIA ESOTÉRICA”, págs 106 e 109, Zachary F. L., Ed. Pensamento, 1989)









“O ser elevado tende a resguardar a sua energia áurica, sabe usá-la adequadamente sem desequilíbrios. Relaciona-se com os outros mantendo sempre um grau de distanciamento saudável, sem atritos mentais danosos para si, desgastes emocionais ou interferências físicas invasivas. Estimula os outros a encontrar o contato adequado. Desta forma, os mais altos valores do respeito, da privacidade, da intimidade, da compaixão e do bom senso ficam protegidos [...] Relações elevadas espiritualmente são discretas, simples, sinceras, equilibradas, sem apologias ou idolatrias, sem julgamentos ou expectativas [...] A luz divina de um ser não pode permear as suas consciências inferiores enquanto estas estiverem despreparadas, desarmonizadas e contaminadas com impurezas. Um ego mal estruturado traz em sua constituição pensamentos negativos e inúteis, sentimentos de medo, insegurança e raiva, hábitos alimentares viciosos e inadequados, elementais densos e desqualificados. Não há como a luz superior penetrar harmonicamente numa consciência desajustada sem causar danos e prejuízos à sua constituição. Este processo está sob a regência de leis qüânticas precisas. Cabe ao ser que busca a sua luz pessoal superior preparar-se, purificar-se de alimentos de origem animal e artificialmente industrializados, selecionar melhor os seus pensamentos e gerar sentimentos elevados que fortaleçam as suas virtudes [...] É preciso silenciar, meditar e ter um discernimento afinado para não cair nas armadilhas dos grandes egos negativos encarnados na Terra. Seres humanos portadores de belos corpos físicos, de respeitáveis condutas emocionais, de mentes altamente inteligentes e versáteis conduzem a formação da opinião pública mundial através de suas falas, em vozes sedutoras e contundentes para o caminho do fortalecimento da ignorância. Conquistaram espaços na política, nas artes, nas ciências, nas religiões e nos meios de comunicação. Estão a serviço da involução posicionando-se como provas para a coletividade da raça humana. Propagam a ignorância abertamente, estimulando a humanidade à vaidade, ao consumismo desequilibrado, ao sensacionalismo, à falsidade, à sensualidade sexual gratuita, à gula, à corrupção, à idolatria e à futilidade nas relações humanas. São orgulhosos, gabolas e arrogantes, divulgam verdades atrasadas e insistem em comportamentos que já não condizem com a realidade cósmica que está se estabelecendo na Terra. Aos poucos, estão sendo retirados do planeta, em prol e com o consentimento do próprio planeta, sob os auspícios de uma nova ordem cósmica. Serão plenamente reconhecidos pelos que permanecerem em órbita com uma maior lucidez. Já agonizam em seus últimos momentos, perante a energia da justiça divina que está cerceando a Terra. A lei superior ordena tudo, quando é chegado o tempo de sua ação [...] O divisor de águas entre os ensinamentos espirituais sagrados e os ensinamentos da ciência contemporânea é a fé. A ciência tende a estabelecer e fortalecer verdades através de métodos e sistemas racionais, concretos, lineares, compreensíveis e limitados. Por sua vez, as verdades espirituais e sagradas são irracionais, ilimitadas e incompreensíveis para uma mente humana comum. Sustentam-se em um plano acima da normalidade consensual coletiva. Transitam pelo mundo dos mistérios. Somente com arrojo, coragem, pureza, entrega e fé o homem pode acessar este nível sagrado. Um caminho ainda para poucos. Mesmo assim, a atual ciência da física quântica, através de seres de vanguarda, já aborda a possibilidade de um comportamento atômico irracional e imponderável, com total disponibilidade.” (Do livro “VIA TERRA, caminhos da luz”, Horácio Netho)













As Virtudes e os Dons
A Cura Pela Gratidão e Pela Alegria
Aprendendo Com Simplicidade
(http://www.irdin.org.br/acervo/detalhes/13280)



Nenhum comentário:

Postar um comentário